100 postos de trabalho novos para Ponte de Sor

aero 03 _ EMA Ponte Sor 09

Mais de 100 postos de trabalho vão ser criados em Ponte de Sor, com a entrada em funcionamento, a partir de novembro, do Centro de Acolhimento Empresarial e do Campus Tecnológico Aeronáutico, no aeródromo daquela cidade alentejana.

O Centro de Acolhimento Empresarial vai gerar cerca de 70 postos de trabalho, enquanto o Campus Tecnológico Aeronáutico até um máximo de 40 postos de trabalho. O investimento na construção dos dois equipamentos ronda os seis milhões de euros.

Além da sede dos meios aéreos da Proteção Civil, o aeródromo de Ponte de Sor alberga uma empresa de manutenção de aviões ultraleves, o Aeroclube de Portugal, uma empresa de componentes aeronáuticos e uma escola internacional de pilotos de aviação.

At http://www.radioportalegre.pt/

Roberto Grilo é o novo Presidente da CCDRA

Roberto Grilo Arronches PSD - Legislativas 2011 -E. Moitas

Joaquim Roberto Pereira Grilo (à esquerda) é o novo presidente da Comissão de Coordenação de Desenvolvimento Regional do Alentejo (CCDRA), segundo o despacho publicado esta quarta-feira em Diário da República.

O novo presidente inicia as suas funções, depois de António Costa Dieb ter deixado o cargo de presidente da CCDRA esta semana, na sequência de ter sido escolhido para presidir à Agência para o Desenvolvimento e Coesão (ADC).

At http://www.radioelvas.com/index.php?option=com_content&view=article&id=25333:roberto-grilo-toma-posse-como-presidente-da-ccdr-alentejo&catid=1:regional&Itemid=25

Nota: Roberto Grilo é membro da Assembleia Municipal de Avis e da Assembleia Intermunicipal da CIMAA, eleito pelo PSD.

Rafael Moura demitiu-se do G. D. R. Alpalhão

RafaelPor “carta de demissão” enviada ao nosso blog e a público:

“Caros Sócios, Simpatizantes e Amigos do GDRA, eu, Rafael José Tremoço Pinheiro Moura venho por este meio tornar público o meu pedido de demissão do cargo de Presidente do GDRA. (…)

Foi um orgulho presidir o clube onde joguei, brinquei, lutei, sorri e chorei desde criança.

De criança a adulto, de jogador a diretor, tentei fazer o que por mim outros fizeram.

Agradeço a todos os que comigo privaram ao longo destes nove anos, na luta pela continuidade do clube da nossa terra, dei o meu melhor!

Aos atuais diretores, antigos diretores, antigos jogadores, antigos treinadores, sócios, simpatizantes e amigos, o meu obrigado. Juntos fizemos história, dignificamos o clube e a nossa terra, no desporto e na cultura.

Agradeço à População, Patrocinadores, Instituições e Associações que connosco colaboraram, em especial à nossa junta de freguesia que apesar de mudar três vezes em 9 anos, manteve em todos um apoio incondicional ao GDRA.

“Fecham-se umas portas, abrem-se outras, uns ciclos chegam ao fim e outros iniciam-se…”

O meu ciclo como diretor terminou, tenho esperança que alguém com mais motivação, criatividade e força de vontade inicie uma nova etapa, sempre no sentido de elevar o GDRA e a nossa terra.

Financeiramente o GDRA ficará sem dívidas para assim poder continuar…

Meu querido Alpalhoense foi uma honra servir-te. Até um dia…ou até sempre…”

Por Rafael José Tremoço Pinheiro Moura

Alpalhão, 28 Julho de 2015

Câmara Municipal de Nisa retoma o tema antigo da ponte sobre o Rio Sever

Camara Dip-Nisa-2

No âmbito de uma reunião de trabalho conjunta entre a Diputación Provincial de Cáceres e a Câmara Municipal de Nisa, D.ª Maria del Rosario Cordero Martin, presidente da Diputación referiu que “nos primeros dias de governo quisémos colocar Portugal nas nossas prioridades e um dos primeiros lugares para começar a fazê-lo foi Nisa. Viemos com a ideia de recuperar um projecto muito importante para a província de Cáceres como é o da ponte sobre o rio Sever e queríamos saber da vontade da parte portuguesa de recuperar novamente esse projecto essencial, conseguido há pouco mais de quatro anos e que na anterior legislatura se deixou perder”.

At http://noticiasdecastelodevide.blogspot.pt/

5 dias de Feira Raiana em Idanha a partir de hoje

FR2015_Programa_A4_RGB_1

A XIX Feira Raiana vai realizar-se a partir desta quarta-feira até dia 2 de Agosto, em Idanha-a-Nova. O evento, que é um exemplo de cooperação entre Portugal e a vizinha Espanhola, conta com 200 expositores dos dois países e atrai, a cada edição, milhares de visitantes.

Nesta edição, que vai custar perto de 400 mil euros, vão estar em destaque produtos de qualidade da região, da Beira Baixa e da Extremadura Espanhola.

Idanha-a-Nova vai transformar-se, durante cinco dias, num autêntico palco dos sectores agrícola, animal, agro-alimentar, florestal, turístico e cultural, com espectáculos musicais, corridas de toiros, largadas e gastronomia.

Entre espectáculos de Flamenco e Sevilhanas, fadistas e grupos de folclore português e espanhol, a feira vai contar com actuações de Laureana Geraldes, Lucky Duckies, Ana Lains, José Cid, David Lagos, Amor Electro, The Gift, Essencia Flamenca e ainda da Filmarmónica Idanhense.

Esta Edição da Feira Raiana conta com uma novidade: o Fórum Mundial de Inovação Rural.

O acesso à Feira Raiana é gratuito, contudo é limitado à capacidade do recinto.

A Feira que decorre alternadamente entre Idanha-a-Nova e Moraleja, na província de Cáceres, realiza-se no âmbito do projecto Tejo Internacional, com apoio da União Europeia e co-financiado pelo FEDER – Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional  – e POCTEP 2007-2013 – Programa Cooperación Tramsfronteriza Espanã Portugal. Planeada entre os dois municípios, visa promover esta região através do desenvolvimento rural sustentável.

At http://www.publico.pt/local/noticia/arranca-amanha-a-xix-edicao-da-feira-raiana-em-idanhaanova-1703399

Nota: A apresentação do certame decorreu em Cáceres.