Quem é que defende o granito?

1234470_627403030624839_726125117_n“Capital do granito” apresenta manifesto em defesa da “pedra rainha”

“O manifesto exige do Governo a criação de condições para tornar o sector mais competitivo. O documento é apresentado na Feira do Granito, em Vila Pouca de Aguiar, onde mais de metade da economia da região assenta na “pedra rainha”.

Associações, núcleos empresariais e autarquias estão a preparar um manifesto em defesa do sector do granito, em que reivindicam do Governo gasóleo e electricidade bonificados, a revisão da lei dos explosivos, a eliminação das cauções impostas para abrir ou ampliar negócios e o fim das portagens nas Scuts.

Os subscritores desta iniciativa, que vai ser apresentada no decorrer da Feira do Granito, em Vila Pouca de Aguiar, alertam para a urgência de as reivindicações serem atendidas pela tutela, sob pena de o sector “asfixiar por falta de competitividade, perante outros mercados internacionais”.

O granito é a principal fonte de emprego do concelho, abrangendo 4.350 pessoas, de forma directa e indirecta, e representou, em 2012, cerca de 150 milhões de euros de volume de negócio.”

At http://rr.sapo.pt/informacao_detalhe.aspx?fid=25&did=157376