População de V. V. Ródão ajuda a escolher filmes

Casa-de-Artes-e-Cultura-do-Tejo-crédito-Pedro-Martins
Casa das Artes e Cultura do Tejo em Vila Velha de Ródão

O jornal Reconquista e a Câmara Municipal de Vila Velha de Ródão acabam de estabelecer uma parceria para promover o cinema naquele concelho. A ideia é que possam ser os próprios espectadores da Casa das Artes e Cultura do Tejo a poderem seleccionar os filmes que pretendem ver e, desta forma, tenham uma importante palavra a dizer relativamente à programação cinematográfica no concelho.

Entretanto, no âmbito das medidas de apoio aos empresários locais, mais concretamente à restauração e ao comércio tradicional, a Câmara Municipal de Vila Velha de Ródão, está a promover diversas acções que têm como objectivo potenciar o negócio e dinamizar a economia local. Assim, todos os munícipes ou visitantes podem usufruir de sessões de cinema gratuitas, na Casa de Artes e Cultura do Tejo, desde que efectuem compras no comércio local de montante superior a 50 euros, ou que façam refeições aos fins-de-semana (incluindo o jantar de sexta-feira) nos restaurantes do concelho.

At http://www.reconquista.pt/pagina/edicao/345/23/noticia/35755

Presidente da Câmara de Castelo de Vide cria Gabinete de Apoio Pessoal

PSD-candidatos_camara
Maioria PSD na Câmara Municipal de Castelo de Vide

Poderá finalmente estar para muito breve o início da constituição e funcionamento de um Gabinete de Apoio Pessoal do Presidente da Câmara Municipal de Castelo de Vide.

José Agostinho indicado como Adjunto e Lídia Barradas a provável Chefe de Gabinete.

Residente em Póvoa e Meadas o geógrafo José Alberto Semedo Agostinho já terá mesmo participado recentemente nalgumas reuniões de trabalho municipal.

O seu percurso profissional passou pelos serviços de protecção civil de Nisa – de que chegou a ser o Comandante Operacional Municipal – durante alguns anos durante o consulado CDU de Gabriela Tsukamoto. Nessa sua passagem de alguns anos pelo vizinho Município de Nisa, José Agostinho também participou, entre outros, nos trabalhos de revisão do PDM de Nisa. Mais recentemente estagiou junto do Gabinete Florestal do Município de Castelo de Vide sob a orientação de João Dona e é actualmente o maestro da Banda da Sociedade Recreativa e Musical de Póvoa e Meadas.

At http://noticiasdecastelodevide.blogspot.pt/2015/01/antonio-pita-cria-gabinete-de-apoio.html

Nota: A Presidente da Câmara Municipal de Nisa não dispõe de Chefe de Gabinete.

MANUEL CHAGAS É O NOVO PRESIDENTE DA UNIÃO DAS IPSS’s do Distrito

Manuel Chagas

O novo presidente da União Distrital das Instituições de Solidariedade Social (UDIPS) do distrito de Portalegre, Manuel Chagas, afirmou que a prioridade do seu mandato é “proteger os mais desfavorecidos”.

Manuel Chagas, que falava, em Castelo de Vide, na cerimónia de tomada de posse dos novos órgãos sociais da UDIPS do distrito de Portalegre, enalteceu ainda o trabalho desenvolvido pela anterior direcção (de João Palmeiro) e prometeu dar-lhe continuidade.

O mandato dos novos órgãos sociais da UDIPS do distrito de Portalegre termina em 2017.

Manuel Chagas é também Presidente da Direcção da Rádio Portalegre.

At http://www.fer.pt/tdc/index.php/2014-10-15-10-15-39/item/419-manuel-chagas-e-o-novo-presidente-da-uniao-das-instituicoes-de-solidariedade-social

HEROÍNA CONTINUA A SER A DROGA ILÍCITA MAIS CONSUMIDA NO DISTRITO

trainspotting
Filme britânico “Trainspotting” de 1996

A droga ilícita mais consumida, no distrito de Portalegre, continua a ser a heroína, de acordo com Valter Rodrigues, coordenador do Centro Regional de Respostas integradas do Norte Alentejano. A cocaína é a segunda droga ilícita mais consumida, seguida dos canabinoides. “Dentro das chamadas drogas lícitas não podemos esquecer e álcool”, assegura.

O consumo e o tráfico de drogas ilegais são fenómenos mundiais que ameaçam a saúde e a estabilidade social. As estatísticas mostram que, aproximadamente, um em cada três jovens europeus já experimentou uma droga ilegal e que, a cada hora que passa, morre um cidadão europeu, vítima de overdose de droga.

At http://www.radioelvas.com/index.php?option=com_content&view=article&id=22301:heroina-continua-a-ser-droga-ilicita-mais-consumida-no-distrito&catid=1:regional&Itemid=25

Sábado, o 2.º corta-mato do Sporting Clube de Nisa

SCNisa

“Os campeonatos do Alentejo de corta mato vão disputar-se no sábado com a participação de três centenas de atletas de clubes de atletismo de Portalegre, Évora e Beja.”

Após convite formulado há um ano (praticamente decidido), aquando da realização do 1.º corta-mato do Sporting Clube de Nisa, a iniciativa resulta da organização conjunta da Associação de Atletismo do Distrito de Portalegre e Sporting Clube de Nisa, com o apoio da Câmara Municipal de Nisa e União de Freguesias de Nisa, e colaboração com a Associação de Atletismo de Beja e Évora e Bombeiros Voluntários Nisa.

Artigo de opinião: “Uma Syriza no topo do bolo…”

syriza

Adormeci com a vitória do Syriza. Acho que em paz. E tranquila e, lá bem no fundo, satisfeita. Não sou de cores mas não gosto de viver a preto-e-branco e desconfio que é assim que esta Europa tem andado a viver, recolhida sob si mesma, a dois tons: o da austeridade e o do medo.

Dos Gregos só posso dizer que mostraram que são gente que preza a liberdade e a democracia, mesmo quando lhes não restava outra alternativa que não vir para a rua gritar e encher as ruas. Foram roubados e humilhados,tal como nós mas não deixaram que lhes roubassem ou espezinhassem a dignidade. Aqui os nossos ilustrados governantes ao colocarem-se à margem desta determinação só mostraram aquilo que já não nos surpreende: que com essa atitude cobarde, não foram os gregos que ficaram isolados, fomos nós que ficámos entregues a esta vil sorte da austeridade absurda.

Independentemente do que aí venha, eu fico feliz por saber que ainda há quem não se vergue, regozijo-me com quem ainda acredite que pensar com a própria cabeça e andar pelos próprios pés seja o equilíbrio que falta à classe política. Mas também sei que o avançar é também não dar passos maiores que a perna. Não é perfeito, mas ainda assim, um bolo muito desejado com uma cereja no topo: o da vontade. De mudar.

Andreia Costa

Opções da Presidência da Câmara nos subsídios às colectividades – 2015

KONICA MINOLTA DIGITAL CAMERA

No âmbito do desporto, recreio e lazer:

  • Sport Nisa e Benfica – 4.000,00€
  • Nisa Futsal Clube – 4.000,00€
  • Grupo Desportivo e Recreativo Alpalhoense – 4.000,00€
  • Inijovem – 3.400,00€

No âmbito da cultura:

  • Sociedade Musical Nisense – 7.800,00
  • Sociedade Filarmónica Alpalhoense – 5.000,00€
  • Rancho Típico das Cantarinhas de Nisa – 2.000,00€
  • Centro de Artesanato Regional de Nisa – 1.200,00€