Debates presidenciais’16 nos canais TV

Presidenciais phpThumb
O primeiro debate entre Sampaio da Nóvoa e Marisa Matias

1 de Janeiro 2016

  • Sampaio da Nóvoa VS Marisa Matias (RTP1)
  • Maria de Belém VS Paulo Morais (SIC Notícias)
  • Henrique Neto VS Edgar Silva (TVI24)
  • Marcelo Rebelo de Sousa VS Tino de Rans,
  • Cândido Ferreira e Jorge Sequeira (TVI24)

2 de Janeiro 2016

  • Sampaio da Nóvoa VS Henrique Neto (RTP1)
  • Marisa Matias VS Paulo Morais (TVI24)
  • Maria de Belém VS Edgar Silva (SIC Notícias)

3 de Janeiro 2016

  • Edgar Silva VS Paulo Morais (RTP1)
  • Marcelo Rebelo de Sousa VS Henrique Neto (SIC Notícias)
  • Maria de Belém VS Marisa Matias (TVI24)

4 de Janeiro 2016

  • Maria de Belém VS Henrique Neto (RTP1)
  • Sampaio da Nóvoa VS Edgar Silva (TVI24)
  • Marcelo Rebelo de Sousa VS Marisa Matias (SIC Notícias)

5 de Janeiro 2016

  • Marcelo Rebelo de Sousa VS Edgar Silva (RTP1)
  • Henrique Neto VS Marisa Matias (SIC Notícias)
  • Sampaio da Nóvoa VS Paulo Morais (TVI24)

6 de Janeiro 2016

  • Marisa Matias VS Edgar Silva (RTP1)
  • Marcelo Rebelo de Sousa VS Morais (TVI24)
  • Henrique Neto VS Paulo Morais (SIC Notícias)

7 de Janeiro 2016

  • Marcelo Rebelo de Sousa VS Sampaio da Nóvoa (SIC)

8 de Janeiro 2016

  • Marcelo Rebelo de Sousa VS Maria de Belém (RTP1)

9 de Janeiro 2016

  • Sampaio da Nóvoa VS Maria de Belém (TVI)

19 de Janeiro

  • Debate geral com os sete candidatos (RTP1)

Sporting Clube de Nisa retoma a São Silvestre

corridasaosilvestredenisa_15

O Sporting Clube de Nisa e a União de Freguesias do Espirito Santo, Nossa Senhora da Graça e São Simão, com o apoio da Câmara Municipal de Nisa e a colaboração técnica da Associação de Atletismo do Distrito de Portalegre, vão realizar hoje, dia 30 de dezembro de 2015, pelas 20h30, a Corrida São Silvestre de Nisa.

A prova terá um percurso com a distância aproximada de 8.000 metros (3 voltas de 2.650 metros), com partida e chegada na na Praça da República de Nisa.

Madrid e Barcelona estão mais perto de Portalegre

Ryanair-no-Aeroporto-de-Badajoz

A Junta da Extremadura adjudicou o contrato para transporte aéreo a partir de Badajoz, à empresa aérea “Air Nostrum”, por um valor superior a 2 milhões e 1 mil euros. Com esta adjudicação, o Presidente da Junta da Extremadura, Guilhermo Fernández Vara, espera que os voos regulares possam regressar ao Aeroporto de Badajoz, no final de Janeiro ou início de Fevereiro.

Para além da inclusão de alguns voos durante o período de férias, a empresa efectuará 6 voos semanais para Madrid e 4 para Barcelona.

O contrato com a filial da companhia Iberia terá a validade de um ano, já que para 2017, a Junta da Extremadura espera que o Governo espanhol declare o transporte aéreo a partir de Badajoz, como um serviço de obrigação pública, o que permite que o mesmo seja financiado de Madrid de pela Junta da Extremadura.

At http://www.ardinadoalentejo.pt/regiao/item/690-junta-da-extremadura-adjudica-transporte-a%C3%A9reo-no-aeroporto-de-badajoz.html

Emigrantes portugueses também vêm à boleia

Boleia Hitchhiking-660x330

As viagens partilhadas desde Paris e Madrid para diversos pontos do País são cada vez mais procuradas. Na plataforma online BlaBlaCar, os utilizadores começam como passageiros e rapidamente passam a condutores.

Foi no Natal que Frédéric Mazzella, um dos três fundadores da BlaBlaCar, teve a ideia de formar esta rede de boleias de carro partilhadas. Em 2008, ainda estudante, não conseguiu comprar bilhete de comboio ou de autocarro para ir ao encontro dos familiares. Precisava de boleia para os 450 quilómetros que separam Paris de Fontenay-le-Comte. A única solução encontrada foi a sua irmã desviar-se de Rouen, na Normandia, e ir buscá-lo à capital.

Durante a viagem, Frédéric reparou na quantidade de lugares vazios nos carros com que se cruzavam e pensou que, se cada um alugasse esses lugares, resolveriam o problema de muitas pessoas. Juntaram-se à iniciativa Francis Nappez e Nicolas Brusson, e, no ano seguinte, nascia a plataforma de partilha de viagens.

Atualmente, com 20 milhões de utilizadores e presente em 20 países, a BlaBlaCar está avaliada em mais de mil milhões de dólares, depois de recentemente ter recebido um financiamento de capital de risco no valor de 200 milhões de dólares.

Por cá, só neste mês de dezembro houve um aumento de 40% de viagens de Espanha para Lisboa e três vezes mais de França para Lisboa, face ao mesmo período do ano passado. Entre 18 e 27 de dezembro, foram publicados 25 mil lugares em Portugal.

Na BlaBlaCar (blablacar.pt), as pessoas inscrevem-se como condutores, passageiros ou ambos. A busca faz-se pelas localidades da partida e da chegada. Para percursos superiores a 75 quilómetros, a reserva é feita através do site, com pagamento por cartão de crédito, MBNet ou PayPal. Nas viagens mais pequenas, o contacto é direto entre o condutor e o passageiro. O preço é definido pelo dono do carro, dentro de um intervalo estabelecido pela BlaBlaCar que fica com uma comissão de cerca de 11 por cento.

A viagem mais comum feita pelos portugueses é entre Lisboa e o Porto, com um custo médio de 15 euros por pessoa. Já Paris-Lisboa oscila entre 75 e 110 euros e Madrid-Lisboa fica-se nos 25 euros.

At http://visao.sapo.pt/actualidade/sociedade/2015-12-23-Emigrantes-portugueses-vem-a-boleia-passar-o-Natal-e-a-passagem-de-ano

Artigo de opinião: “Já não se fazem jantares de Natal”

marcoCom a partida do senhor Emílio Moura, quase se encerra um ciclo de socialistas “cotas” disponíveis para darem continuidade à luta, hoje cada vez mais necessária, pela manutenção dos valores de Abril. Sim, porque é assustador o número de grandes militantes, praticamente da mesma geração, que nos deixaram tristemente nestes últimos anos, uns e outros, pelo trabalho puramente partidário ou mesmo pela imagem que tinham, nunca dissociada do PS: Jorge Oliveira, José Vilela Mendes, António José Correia, José de Oliveira Rodrigues, Joaquim Nunes Pereira, José Luís Bruno, Emílio Moura. Ou mesmo cabeças-de-lista a executivos camarários pelo PS, como António Bento ou João Manuel Polido.

25 de AbrilO senhor Emílio, com aquela forma irrepreensível de não admitir, desde sempre, que colocassem em causa o seu partidarismo, fez parte dum período em que a Comissão Política Concelhia do PS teve uma enorme actividade política em Nisa, e ele foi um dos responsáveis para que tudo tendesse a correr bem, assim a disponibilidade dos outros fosse igual à que sempre deu. E ainda conseguiu a concretização de uma ambição de muitos, antes de partir, que foi ver o seu município, sempre mais socialista, a regressar à gestão do PS.

Mas com a sua partida parece que ficou um vazio. Aquele sentimento que para reestruturar ou rejuvenescer instituições precisamos naturalmente de novos reforços, mas também que se mantenham aqueles ícones, que serão sempre o nosso exemplo, e que fazem falta para que a esperança e a luta por uma vida melhor nunca termine. Ainda temos alguns, é verdade, mas começam a ser muito poucos, cuja disponibilidade poderá não ser a que se considera necessária.

E o PS em Nisa teve essa oportunidade recentemente. Para além de canalizar os recursos necessários para, agora, a sua gestão camarária, teve a possibilidade de colocar militantes responsáveis e disponíveis a dinamizarem uma estrutura que não pode perder a actividade que atingiu nos últimos anos, inclusivamente além-fronteiras. Até porque a expressão construir com todos será sempre maior do que a palavra centralizar. E também porque não é nada fácil duplicar o número de militantes como aconteceu num passado recente, mais ainda disponíveis e desinteressados.

Espero do fundo do coração que o futuro próximo traga boas novidades. Será bom para o PS e será bom para Nisa. E que se constituam novos “Emílios Mouras”, verdadeiros socialistas nisenses, até porque, com o PS, nunca houve jantares grátis.

Desejo a todos um Santo Natal e um ano 2016 cheio de boas concretizações!

Marco Oliveira

A Rádio de Portalegre e do norte do distrito

Radio Natal transferir

O presidente da direção da Rádio Portalegre, Manuel Chagas (também presidente da União Distrital das Instituições de Solidariedade Social (UDIPS) do distrito de Portalegre), foi reconduzido no cargo, para um novo mandato de quatro anos.

Na direção da estação emissora a única alteração prende-se com a saída de José Nabo e a entrada de Paulo Picado, mantendo-se no elenco diretivo Vítor Bucho, Plínio Neves e José Santos.

A Assembleia Geral é presidida novamente por António Ventura, que tem como vice-presidente João Alexandre e como secretário Mário Freire. A presidência do Conselho Fiscal volta a ser assumida por Joaquim Conde, sendo o secretário Gabriel Nunes e o relator Maria da Conceição Neto.

At http://www.radioportalegre.pt/

6.ª edição dos “Prémios Turismo do Alentejo”

alentejo_tempo_p_ser_feliz6

A Entidade Regional de Turismo está a promover, pelo sexto ano consecutivo, os “Prémios Turismo do Alentejo” e, pela segunda vez, os “Prémios Turismo do Ribatejo”.

Ambos têm sete categorias, nomeadamente Melhor Empreendimento Turístico, Melhor Animação Turística, Melhor Turismo Rural, Melhor Enoturismo, Melhor Evento, Melhor Gastronomia e Melhor Projeto Público.

A iniciativa, dirigida a todos os agentes públicos ou privados que desenvolvem projetos de interesse turístico nas regiões, tem como objetivo distinguir e divulgar a excelência e inovação da oferta que tem contribuído para afirmar o território nos mercados nacional e internacional.

As candidaturas aos galardões devem ser apresentadas até ao dia 15 de janeiro.

At http://www.dianafm.com/