Arquivo de etiquetas: Património

Feira de Caça, Pesca e Natureza Ibérica, a partir de hoje, em Badajoz

feciex cartel_feria_caza_badajoz

A Feira de Caça, Pesca e Natureza Ibérica – FECIEX que celebra este ano o seu 25º aniversário, tem início hoje nos pavilhões da IFEBA, em Badajoz.

A feira, que registou mais de 30.000 visitantes na edição ano passado, contará este ano com 93 expositores e mais de 200 empresas de diferentes setores.

Esta é uma das mais importantes feiras da Península Ibérica que movimenta mais de 400 milhões de euros na região e decorre até dia 20 de setembro.

At http://www.radioelvas.com/

“Menhir do Patalou”: o que precisamos saber

Menhir eles
Foto: Jorge Oliveira (Facebook) – Menhir do Patalou já erecto (equipa da re-erecção)

Dia 26 de Setembro, pelas 21:00, em cerimónia pública, será formalmente aberto à fruição dos interessados e turistas o acesso ao Menhir do Patalou, situado junto à estrada que liga Nisa à Barragem da Póvoa. A cerimónia que decorrerá junto ao menhir contará, para além das intervenções protocolares das entidades envolvidas, com uma breve conferência sobre Megalitismo a proferir por Jorge de Oliveira, Arqueólogo e docente da Universidade de Évora, a que se seguirá um concerto pela Orquestra Filarmónica da Banda de Nisa.

O Menhir do Patalou que a partir do dia 27 de Setembro pode ser livremente visitado foi objeto de estudo e reabilitação por parte duma equipa de Arqueologia da Universidade de Évora no âmbito dum protocolo estabelecido com a Câmara Municipal de Nisa.

Segundo Jorge Oliveira, o Menhir do Patalou é um dos mais volumosos menhires explicitamente fálicos da Península Ibérica. Os trabalhos arqueológicos efectuados em Julho de 2015, promovidos pela Câmara Municipal de Nisa e pelo Laboratório de Arqueologia da Universidade de Évora, conducentes ao seu estudo e reabilitação, permitiram recolher carvões nas terras da sua base que submetidos a datação por radiocarbono informam que terá sido erguido em meados do 5º milénio antes de Cristo.

Com um comprimento de 4 metros e um peso a rondar as 7 toneladas foi talhado, transportado e erguido pelas primeiras comunidades neolíticas no contexto de ancestrais cultos à fertilidade. Da profunda decoração gravada que este menhir possuía originalmente preservam-se ainda vestígios de linhas serpentiformes, assim como algumas enigmáticas covinhas abertas em épocas posteriores.

Por forma a preservar integralmente a sua fossa de implantação e o sobreiro que junto se encontra, o menhir do Patalou foi agora reerguido seis metros para norte. Um pequeno marco de granito assinala o local original de implantação.

Os trabalhos arqueológicos que permitiram a reabilitação deste menhir inscrevem-se num projeto de investigação intitulado MEGANISA, aprovado pela Direção Geral do Património Cultural a desenvolver pela Universidade de Évora e apoiado pela C.M. de Nisa, através do qual estão autorizadas outras ações de valorização e divulgação de monumentos megalíticos do concelho de Nisa. Depois do levantamento do Menhir do Patalou vão iniciar-se trabalhos de estudo e valorização no Menhir e Dólmenes dos Sarangonheiros que, conjuntamente com os monumentos megalíticos de S. Gens e Srª. da Redonda se constituem como um singular roteiro megalítico deste concelho.

At http://www.ueline.uevora.pt/Canais/cultura/(item)/17747

Geopark Naturtejo revalida selo UNESCO

Geopark12718328_770x433_acf_cropped

O Geopark Naturtejo viu renovado o seu selo de Geoparque Global, reconhecido pela UNESCO, uma certificação internacional de excelência, até setembro de 2019.

Foi também votada, por unanimidade (pelos representantes dos 65 geoparques europeus e da UNESCO), a extensão do Geopark Naturtejo, com a integração de Penamacor, decisão essa que foi tomada durante a última reunião da Comissão de Coordenação da Rede Europeia de Geoparques, que decorreu no dia 2, no Geopark Rokua (Finlândia).

O Geopark Naturtejo integra os concelhos de Castelo Branco, Idanha-a-Nova, Nisa, Oleiros, Proença-a-Nova, Vila Velha de Ródão e, a partir de agora, Penamacor.

At http://observador.pt/2015/09/04/geopark-naturtejo-revalida-selo-unesco/

Mercado Medieval, de 3 a 6/9, em Castelo de Vide

Mercado Medieval

Custos de produção, animação e teatralização do Mercado Medieval voltam este ano a subir – Viv’Arte cobra 20 250 euros.

A produção, animação, teatralização do Mercado Medieval de Castelo de Vide voltou a aumentar este ano e deverá custar 18 600 euros a liquidar à Companhia de Teatro Viv’Arte, com sede em Oliveira do Bairro.

Esta produção, animação e teatralização do Mercado Medieval de Castelo de Vide durante três dias por parte da empresa Companhia de Teatro Viv’arte – Laboratório de Recriação Histórica (de Oliveira do Bairro) custou em 2013 o valor de 24 300 euros, contra 36 mil euros em 2011, depois de uma participação muito limitada em 2012.

Em 2014 este valor foi reduzido 18 600 euros, a que se juntam diversos custos diretos e indiretos assumidos pela própria estrutura da Câmara Municipal.

At http://noticiasdecastelodevide.blogspot.pt/

Rio Tejo pode tornar-se Reserva da Biosfera

biosfera16758.bigTEJO/TAJO é a designação que junta as duas línguas num só rio. Portugal e Espanha estão a preparar um dossiê com objetivos comuns, em prol do ambiente.

António Borges (ICNF) e Luís Pereira (Presidente da Câmara Municipal de Vila Velha de Ródão) estiveram juntos recentemente em cerimónia que teve lugar em Vila Velha de Ródão, com base no projeto que junta os governos português e espanhol numa candidatura ao programa “Homem e Biosfera” da UNESCO para classificação do Tejo Internacional como Reserva da Biosfera.

At http://www.reconquista.pt/

O Tejo Internacional abrange uma região transfronteiriça em que o rio Tejo constitui a fronteira entre Portugal e Espanha, englobando em território nacional partes dos concelhos de Castelo Branco, Idanha-a-Nova e Vila Velha de Ródão.

Idanha-a-Nova é o concelho com maior área territorial abrangida pelos limites da candidatura do Tejo Internacional a Reserva da Biosfera da UNESCO, cerca de 54% da parte portuguesa deste território transfronteiriço.

At http://www.cm-idanhanova.pt/

2.º Mostra de Cavalos Puro Sangue Lusitano

Lusitanof11676

Realiza-se nos próximos dias 7, 8 e 9 de Agosto em Penha Garcia a 2.ª Mostra de Cavalos Puro Sangue Lusitano.

O evento é destinado a Poldros/as de 1, 2 e 3 anos e Éguas Afilhadas que estejam em condições de serem apresentadas à mão no triângulo.

A participação nesta Mostra é por convite, estando já confirmada a presença de 15 Coudelarias.

Ao longo dos três dias os animais estarão em exposição, com o programa a incluir diversas actividades, tais como

  • Workshop sobre o Cavalo para jovens dos 5 aos 12 anos,
  • Workshop para os Criadores sobre Éguas Reprodutoras, alimentação, reprodução, admissão ao livro de reprodutores e maneio,
  • Espectáculo equestre.

Este será também um ponto de encontro de Criadores de Cavalos Lusitanos e aficionados do Cavalo Lusitano.

At http://www.equitacao.com/noticia.php?n=12929&