Arquivo de etiquetas: Habitação

E para quando o Conhal?

Conhal do Arneiro DSC01064

A câmara de Gondomar quer que o areal de Melres, na margem norte do rio Douro, seja classificada como “praia fluvial”, tendo avançado com uma candidatura à Agência Portuguesa do Ambiente (APA).

Em Gondomar, distrito do Porto, existem já dois areais designados como praias fluviais, os de Lomba e Zebreiros, mas o concelho dispõe “de outros locais que, pelas suas características, atraem a população, visitantes e turistas para a prática balnear”.

A candidatura à APA foi entregue na sexta-feira, e tem a expectativa, pela forma como decorreram processos referentes a outros espaços, que a decisão seja conhecida em Maio do próximo ano. A ser assim, isso permitirá que o areal de Melres esteja “totalmente preparado para a época balnear de 2016”.

“É intenção do Município dotar a área de utilização balnear de Melres com equipamentos de apoio, designadamente bar, balneários e posto de primeiros socorros, assim como dos meios de salvamento previstos na legislação em vigor, promovendo, desta forma, a prática balnear responsável e segura”.

Em Gondomar o rio Douro tem uma extensão de 37,5 quilómetros. O município tem vindo a desenvolver ações ligadas à segurança nos areiais não classificados para prática balnear, em articulação com a Junta da União das Freguesias de Melres e Medas. Entre as acções destacam-se a limpeza e preservação dos espaços, a delimitação da zona de banhos e a presença de nadadores-salvadores formados pelo Instituto de Socorros a Náufragos.

A autarquia de Gondomar também decidiu promover um plano de monitorização das águas balneares de forma “a garantir que as épocas balneares de 2014 e 2015 decorressem dentro da normalidade”: inclui o histórico das análises efetuadas à água balnear de Melres nos dois últimos anos, plantas de localização com geo-referenciação da praia e do ponto de recolha de amostras analíticas e levantamento de potenciais fontes de poluição.

At http://www.publico.pt/

“Plano de paisagem” nasce em Paredes de Coura

AMBIENTE _Festival Paredes de Coura 2013 - 13 a 17  Agosto _Credits: Hugo Lima | www.facebook.com/hugolimaphotography | www.hugolima.com
Foto: Hugo Lima 

Sob o tema “Repensar a Implementação da Convenção Europeia da Paisagem”, o Município de Paredes de Coura apresentou a comunicação “Projeto – Piloto do Plano de Paisagem da Unidade Campos de Coura”, realizada no âmbito da parceria da qual também fazem parte a Valminho Florestal – a única ONG portuguesa que integra a CIVILSCAPE –, o Centro de Estudos Arnaldo Araújo/ESAP e a Leiras do Carvalhal, Lda.

A apresentação decorreu domingo, no primeiro dos três dias do Forum Internacional sobre a ‘Paisagem do Sudoeste Europeu’, organizado pela CIVILSCAPE e EVOLVING LANDSCAPE, e que decorreu no Auditório de Serralves, na cidade do Porto. Este Forum realizou-se pela primeira vez em Portugal, concentrando diversos especialistas, decisores e diferentes perspetivas, promovendo a reflexão sobre a implementação da Convenção Europeia da Paisagem em Portugal, Espanha, Andorra e França, através da partilha de vários projetos, resultados e estratégias que direta ou indirectamente influenciam a nossa paisagem, contando com a presença de membros do Conselho da Europa, Organizações Não-Governamentais, Universidades e Entidades Públicas e Privadas.

Este projecto-piloto, visa o desenvolvimento do Plano de Paisagem para o território de Coura e tem como objectivos a valorização do património natural, cultural e urbano, bem como definir medidas orientadoras para a gestão da paisagem que preservem o seu carácter e identidade, reforçando a componente da paisagem cultural nas aldeias e lugares incluídos em Rede Natura e na Paisagem protegida.

At http://www.tvdominho.com/

Programa Porta 65 Jovem: período de candidaturas

porta65_epm-1024x683

O Programa Porta 65 Jovem tem como objectivo regular os incentivos aos jovens arrendatários, estimulando:

• Estilos de vida mais autónomos por parte de jovens sozinhos, em família ou em coabitação jovem;
• A reabilitação de áreas urbanas degradadas;
• A dinamização do mercado de arrendamento.

Este programa apoia o arrendamento de habitações para residência, atribuindo uma percentagem do valor da renda como subvenção mensal.

O período de candidaturas de setembro de 2015, irá decorrer entre as 10h do dia 18 de setembro e as 18h do dia 07 de outubro (hora do continente).

At http://www.portaldahabitacao.pt/pt/porta65j/

Mais uma Câmara a oferecer cal para embelezar o concelho

Moradia nas Mouriscas
Moradia nas Mouriscas

Também como Mora.

A Câmara Municipal de Abrantes vai distribuir cerca de 15 mil quilos de cal pelas 13 freguesias do concelho, com o objetivo de incentivar à caiação de muros, alegretes, fontanários e edifícios do domínio municipal de pequena dimensão.

At http://www.omirante.pt/noticia.asp?idEdicao=&id=83414&idSeccao=479&Action=noticia#.Va9Ri-bF8cQ

Elvas cria condições para a fixação de jovens

Centro Histórico de Nisa
Centro Histórico de Nisa

A política de habitação social da Câmara Municipal de Elvas tem em vista a criação de condições para que o centro histórico atraia mais jovens.

“O que interessa é pôr um conjunto de casas que a câmara adquiriu – algumas delas já recuperadas – e queremos que cheguem a casais jovens”, começa por explicar o presidente da câmara, Nuno Mocinha.

“Vamos adotar um conjunto de critérios para pôr essas casas no mercado e que elas possam ser ocupadas, tanto por pessoas carenciadas, dentro daquilo que é o esquema de renda apoiada, como por pessoas que possam pagar um renda de mercado”, adianta Mocinha. No entanto, quem tiver possibilidade e interesse, também pode “comprar essas casas”.

O principal objetivo da medida do executivo elvense passa, sobretudo, pela recuperação e o rejuvenescimento do centro histórico de Elvas.

At http://www.radioelvas.com/index.php?option=com_content&view=article&id=23703:camara-de-elvas-cria-condicoes-para-fixacao-de-jovens&catid=1:regional&Itemid=25