Arquivo de etiquetas: Emprego

Nisa é quinto no número de desempregados no distrito

centro_de_emprego__2_

O concelho de Elvas continua a liderar a tabela do desemprego no distrito de Portalegre, com 1765 pessoas inscritas, segundo dados estatísticos divulgados pelo Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP), referentes ao mês de outubro.

Com 1147 desempregados encontra-se o concelho de Portalegre, seguido de Ponte de Sor com 944, Campo Maior com 533 e Nisa com 314, em 15 concelhos existentes no distrito.

No final do mês de outubro, o Alto Alentejo tinha 6561 desempregados inscritos no IEFP.

Povo de Caminha decide como gastar 200 mil €

Muralhas de Caminha
Muralhas de Caminha

“A população de Caminha vai poder decidir como quer gastar os 200 mil euros que a Câmara vai devolver aos contribuintes, na sequência redução para 1,5% da colecta do IRS em 2015.

A autarquia liderada pelo socialista Miguel Alves afirmou tratar-se de “um modelo inédito de Orçamento Participativo (OP), envolvendo ao máximo a comunidade, dando-lhe não apenas o poder de decisão, mas também a possibilidade de ver directamente onde é aplicado o seu dinheiro”.

Esta será a segunda vez que o município reduz o imposto no espaço de um ano (2% em 2014), “num esforço para devolver às famílias algum poder de compra e, assim, indirectamente, apoiar o comércio local”.”

At http://rr.sapo.pt/informacao_detalhe.aspx?fid=25&did=171122

Tolosense João Vences vence mesmo o Prémio InovEmpreende 2014 da Região de Portalegre

??????????

No mês de Outubro foram divulgados os vencedores do Prémio InovEmpreende 2014 das regiões de Guarda | Castelo Branco, Évora e Portalegre, nos eventos Open Day InovEmpreende, realizados nos dias 9 (NERGA), 14 (NERE) e 16 (NERPOR) de Outubro respetivamente.

O InovEmpreende é um programa de apoio ao Empreendedorismo que a AIP – Associação Industrial Portuguesa desenvolveu desde Dezembro de 2013 a Setembro de 2014 nas regiões mencionadas e que envolveu diretamente cerca de 45 empreendedores, através da implementação de ferramentas e metodologias desenvolvidas à medida para este projeto.

“Next DJ Academy”, foi o projeto vencedor na região de Portalegre, da autoria de João Vences e acompanhado pela mentora Tânia Bicho. A criação de um centro de formação de djing, com cursos de música eletrónica, agenciamento de artistas, lançamento de músicas online, aluguer de estúdio e equipamento e venda de produtos, foi o vencedor do “Prémio InovEmpreende Portalegre 2014”, no valor de 2.500 euros.

Comité das Regiões atribui prémio europeu a região ou município mais empreendedor

lisboa

O Comité das Regiões volta a lançar o prémio Região Empreendedora Europeia que irá premiar a região ou município mais empreendedores do velho continente.

As candidaturas estão abertas até ao dia 16 de março de 2015 e podem candidatar-se “qualquer região ou município da UE, independentemente da sua dimensão ou nível económico, que tenha uma estratégia empresarial de excelência e orientada para o futuro”. As estratégias ou projetos mais bem-sucedidos, visionários e promissores serão recompensados e acompanhados ao longo dos próximos dois anos.

Na edição deste ano do prémio, Lisboa foi distinguida – juntamente com a Irlanda do Norte (Reino Unido) e Região Valenciana (Espanha) – pela estratégia desenvolvida para fomentar o empreendedorismo e executar políticas europeias fundamentais como a chamada Lei das Pequenas Empresas (Small Business Act) e a Estratégia Europa 2020 para o crescimento e o emprego. No caso de Lisboa, com a criação de uma rede de incubadoras permitiu gerar 260 novas empresas, “muitas delas na área da inovação”, e cerca de 30% das quais de capital estrangeiro, para sustentar que é possível passar das palavras aos actos e “reagir positivamente nesta época de crise” (António Costa).

At http://www.dinheirovivo.pt/Emprego/Conselhos/interior.aspx?content_id=4193309

Alto Alentejo em discussão pública até final de Outubro

cimaa

A Estratégia de Desenvolvimento Territorial do Alto Alentejo 2014-2020 pretende estabelecer o quadro de intervenção estratégica e de programação do investimento no seu espaço territorial de intervenção, dando assim um importante impulso ao processo de preparaçãode um novo ciclo de programação de Fundos Europeus Estruturais e de Investimento (FEEI).

Encontra-se disponível para Consulta Pública a Versão Preliminar da Estratégia de Desenvolvimento Territorial do Alto Alentejo 2014-2020 até ao próximo dia 31 de Outubro de 2014:

http://www.cimaa.pt/index.php?option=com_content&view=article&id=693&catid=105

Comentário ou contributos através do e-mail planeamento@cimaa.pt

Entidade Regional de Turismo do Alentejo escolhe Alpalhão para preparar Plano Operacional

Monte FilipeO objectivo do projecto, que estará concluído daqui a um ano, passa por organizar e estruturar todos os recursos existentes, criar sinergias entre o turismo e a cultura potenciando o património cultural como fonte de desenvolvimento turístico e lançar a estratégia para a promoção e comercialização do Touring Cultural e Paisagístico no Alentejo e Ribatejo.

Após Beja e Sines, o calendário de contactos prossegue durante este mês com sessões em Évora, Portalegre (Alpalhão – Nisa: 13/10, 14h30) e Santarém.

As reuniões, participadas por diferentes players, entre os quais representantes das autarquias, unidades de alojamento, empresas de animação turística, comunidades intermunicipais, enoturismos, museus, associações e fundações culturais, visam iniciar a fase de diagnóstico e recolher contributos que permitam definir um plano de acção para um dos produtos mais emblemáticos do território.

Quem é que defende o granito?

1234470_627403030624839_726125117_n“Capital do granito” apresenta manifesto em defesa da “pedra rainha”

“O manifesto exige do Governo a criação de condições para tornar o sector mais competitivo. O documento é apresentado na Feira do Granito, em Vila Pouca de Aguiar, onde mais de metade da economia da região assenta na “pedra rainha”.

Associações, núcleos empresariais e autarquias estão a preparar um manifesto em defesa do sector do granito, em que reivindicam do Governo gasóleo e electricidade bonificados, a revisão da lei dos explosivos, a eliminação das cauções impostas para abrir ou ampliar negócios e o fim das portagens nas Scuts.

Os subscritores desta iniciativa, que vai ser apresentada no decorrer da Feira do Granito, em Vila Pouca de Aguiar, alertam para a urgência de as reivindicações serem atendidas pela tutela, sob pena de o sector “asfixiar por falta de competitividade, perante outros mercados internacionais”.

O granito é a principal fonte de emprego do concelho, abrangendo 4.350 pessoas, de forma directa e indirecta, e representou, em 2012, cerca de 150 milhões de euros de volume de negócio.”

At http://rr.sapo.pt/informacao_detalhe.aspx?fid=25&did=157376