Opinião: “É destas que gosto”

FB_IMG_1563551319568Gosto de pessoas “sem merdas”, daquelas que se estão a lixar que as olhem de lado quando se riem alto na rua; daquelas que apreciam todas as comidas e que, quando o arroz vem com passas (quem é que pode gostar de passas, por Deus?), se limitam a pô-las para o lado continuando a comer.
Gosto de pessoas que não fazem cenas nem armam dramas mesmo quando as situações o pedem, mas sabem usar o dedo do meio e palavrões cabeludos nas ocasiões certas.
Gosto de malta que diz o que pensa e faz o que diz e raramente se arrepende por não ter nada de que se arrepender.
Gosto de gente ousada, picante, marota, que se transforma em ovelha quando todos são lobos só pelo prazer da diferença e insubmissão.
Gosto de humanos paradoxais, ilegíveis e imprevisíveis, daqueles a quem os pequenos receios passam ao largo e que derrotam os grandes medos com um humor divertido.
Gosto de quem se aceita e se quer melhorar; de quem se respeita para poder respeitar; de quem se explora, se assume, se mostra, se expande, gosto destas mesmo muito.
Gosto dos que sabem pedir desculpa, dar o braço a torcer e não deixam que mesquinhos orgulhos lhes roubem afectos.
Gosto de quem não vive sem música nem livros nem todas as formas de arte sem querer parecer erudito.
Gosto de gente agradecida, humilde, vivida, viajada e culta ao ponto de saber que nada sabe.
Gosto de quem sabe estar na mais rasca tasca com o mesmo à vontade com que se desloca na nata e gasta mais “bons dias” com os humildes que com os grandes.
Gosto de quem segura a porta, de quem se levanta, de quem se está “nas tintas” para como vai ser interpretado aquele sorriso rasgado e interminável abraço.
Gosto de pessoas “sem merdas”, daquelas que vivem de facto cada momento sem esperar demasiado; daquelas que sabem ser apenas mais uma entre milhões, mas ainda assim se distinguem por, de tão fieis a si mesmas, se tornarem únicas…

Ana Amorim Dias

At https://www.facebook.com/

Projecto “Recrutas de palmo e meio” regressa

Recrutas palmo e meio GNR

Nos dias 25 e 26 de julho, a Escola da Guarda, através do Centro de Formação de Portalegre, realiza mais uma edição do projeto “Recrutas de Palmo e Meio”, no qual irão participar 40 crianças e jovens da União de Freguesias de Crato e Mártires, Flor da Rosa e Vale do Peso, com idades compreendidas entre os 10 e os 16 anos.

O projeto consiste numa demonstração e participação, devidamente adaptada, na Formação Geral Militar do Curso de Formação de Guardas, proporcionando um conjunto de experiências relacionadas com a vivência na Guarda Nacional Republicana, contribuindo assim para um conhecimento mais profundo da Instituição, bem como para enriquecimento moral e cívico dos participantes, enquanto cidadãos.

Esta iniciativa decorre desde 2015 e efetua uma abordagem a várias matérias do foro militar, das quais se destacam:

  • Ordem Unida – movimentos básicos de ordem unida;
  • Técnica Individual de Combate – sinais de combate, camuflagem e disciplina de ruídos e brilhos;
  • Topografia – técnicas de orientação por processos expeditos e realização de circuito prático;
  • Luta e Defesa Pessoal;
  • Educação Física e Desportos – jogos coletivos e treino em circuito;
  • Saúde e Socorrismo – conceitos gerais de primeiros-socorros.

At https://www.gnr.pt/