Município acusa GNR de autoritarismo

GNR 1363505

São várias as queixas sobre o que muitos cidadãos consideram excesso de coimas aplicadas pela GNR em vários concelhos.

O estacionamento é uma forma fácil de “fazer dinheiro” e segundo muitas opiniões a GNR exagera claramente nessa área. No caso de Marvão as queixas que nos chegam são frequentes, bem como ao Município. Por isso questionámos o Presidente da Câmara, Luís Vitorino,sobre esta situação que chega a ser considerada como de “perseguição”, como se a actividade da GNR se resumisse a aplicar coimas, e o autarca assume que “há um mau estar geral no concelho porque a GNR está a ter uma atitude não preventiva, como devia ter, mas sim uma atitude autoritária”, estando a “multar e a lançar coimas de trânsito a residentes com estacionamento irregular, muitas vezes momentâneo, o que é quase impossível não ocorrer num território com as características de Marvão”.

Luís Vitorino considera que em termos “de álcool também está a haver um abuso” com “a GNR em vigilância junto dos estabelecimentos comerciais a ver quem está a consumir”, para depois ver se consegue aplicar coimas.

Trata-se pois de autêntica perseguição policial, segundo é entendido por autarcas e por cidadãos, em total contradição com a missão da Guarda e com o que é apregoada em termos de trabalho em prol da comunidade e dos cidadãos. Mas entretanto os roubos são permanentes, como acontece nas propriedades rurais de Campo Maior, por exemplo.

Como muitos se queixam, em vez de se perseguir ladrões multam-se os cidadãos porque isso é muito mais fácil, apresenta-se serviço e até se contribui para a arrecadação de verbas. (…)

Fizemos o contraditório junto da GNR, pedindo que se possa pronunciar sobre este assunto e aguardamos os esclarecimentos que haja por bem prestar, aos quais será dado o devido tratamento.

At https://www.jornalaltoalentejo.com/

3 opiniões sobre “Município acusa GNR de autoritarismo”

  1. Esse senhor, não tem a mínima ideia do que diz, vir pedir à GNR “moderação”, fechar os olhos como o fez. Estamos onde!!!!. Os militares hajam em conformidade com o determinado, Continuem a fazer um bom serviço. Não existe ninguém acima da Lei. Esse senhor Presidente nem deveria comentar ou melhor criticar o serviço da Guarda, Fica-lhe muito mal. Já agora Sr.º Presidente não ande a conduzir e a falar ao telemóvel como é seu hábito,nas estradas do seu concelho.

    Gostar

  2. Desde quando é que a Câmara Municipal tem “poder” ou acção relativamente ao trabalho efectuado em termos contra ordenacional bem como criminal das forças de segurança?! Para mim notícia seria é se as forças de segurança actuasse sem que houve qualquer tipo de infração. Por isso, só tenho a dizer, Bom trabalho.

    Gostar

  3. O autarca pode (e deve) modificar a sinalização. A título de exemplo, pode permitir o estacionamento em certas zonas durante um determinado período de tempo (10, 15 minutos, por exemplo). Quanto à condução sob o efeito do álcool, até lhe fica mal dizer o que disse. Se houver um acidente com mortos e/ou feridos graves provocado por alguém a conduzir alcoolizado, o autarca assumirá o mesmo discurso? Quero acreditar que se entusiasmou na questão do estacionamento e acabou por não pensar no resto das declarações. Numa época em que as marcas de automóveis estudam possibilidades que impeçam os carros de funcionar sem que o condutor tenha taxa zero e todo o mundo aplaude, vir dizer isto é um pouco insensato. Mas fica bem junto dos proprietários de estabelecimentos de restauração e bebidas.

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s