Nisa recebeu o Congresso Distrital do PS, no Cine Teatro, há 10 anos

No passado dia 8 de Novembro de 2008, realizou-se no Cine-teatro de Nisa, o XIII Congresso Distrital de Portalegre do Partido Socialista, tendo como chancela de fundo “2009 Desafio a Vencer”. Tendo presente que os Congressos Distritais do PS se realizam normalmente de 2 em 2 anos, o que decorreu em Nisa teve como factor extraordinário o facto de se realizar num concelho, actualmente, sob gestão camarária de uma outra força partidária.

Todos os trabalhos preparatórios estiveram a cargo da Comissão Organizadora do Congresso (COC), da qual fez parte o presidente da concelhia do PS de Nisa, Marco Oliveira, na tentativa também de facilitar o êxito em que o evento se transformou. Como o próprio nome indica, o Congresso contou com a participação de delegados eleitos em todas as concelhias do distrito, debatendo, principalmente, temas de âmbito distrital, naturalmente com a devida relação directa a opções de interesse nacional e local. Embora a participação de cada concelhia, através dos seus delegados, esteja limitada ao número de militantes que essas mesmas concelhias detêm, todos os restantes militantes do distrito foram convidados a estarem presentes no decorrer dos trabalhos, sendo de sublinhar a forte presença dos militantes da concelhia do PS de Nisa. A orientação dos trabalhos esteve a cargo da Mesa do Congresso, presidida por Jaime Estorninho.

Quanto às intervenções, o debate rico já existente em Congressos anteriores mais uma vez verificou-se, sendo de salientar as tomadas de posição não só dos representantes da capital de distrito, mas também de Elvas ou da Ponte de Sor, como exemplo, mas com destaque também para outras intervenções vindas de concelhias distintas. Em relação à concelhia de Nisa, são de salientar as intervenções de Marco Oliveira, dando principal relevo a matérias de âmbito distrital, mas com relação estratégica directa ao concelho de Nisa, e José Ferreira, que se debruçou em especial sobre questões fundamentalmente locais e de âmbito financeiro.

Um almoço livre colocou os restaurantes da sede concelho à disposição dos perto de 200 congressistas, que desta forma puderam comprovar a arte da cozinha nisense, os seus sabores, e a simpatia de quem procura ao máximo combater as limitações a que um concelho do interior estará sujeito, numa altura em que se tornou ponto de honra apregoar continuamente a crise.

Do Congresso saiu a aprovação da Moção de Orientação Política “Vencer o presente para ganhar o futuro”, subscrita pelo já eleito novo Presidente da Federação Distrital de Portalegre do Partido Socialista, Rui Simplício, para além da eleição dos vários órgãos federativos. O Congresso contou ainda com a presença do Presidente da Federação cessante, Ceia da Silva, bem como com a presença de vários elementos da Juventude Socialista do distrito.

Eram já perto das 19 horas, quando se deram os trabalhos por encerrados, tendo a última intervenção ficado a cargo do Secretário Nacional Júlio Miranda Calha, com a presença de representantes de outros partidos e comunicação social, convidados para o efeito.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s