Gentes de Nisa coladas à incitação

Idalina 35242241_1708011419246591_6015525314967371776_o
Idalina Trindade, presidente da Câmara de Nisa, puxa cabelo a vereadora. Autarca (PS) fala em fantasia da opositora (CDU).

A vereadora da CDU da Câmara de Nisa, Maria de Fátima Dias, acusa a presidente da autarquia, Idalina Trindade (PS), de agressão e injúrias no final da reunião de câmara desta terça-feira, realizada na Biblioteca Municipal. Segundo a comunista, a edil ter-lhe-á puxado os cabelos.

“Apenas estávamos as duas no auditório da Biblioteca Municipal. A presidente achou que eu teria de sair rapidamente pois a reunião havia terminado. Respondi que sairia mal terminasse o que estava a fazer. Em questão de segundos, dirigiu-se a mim, fechou-me a tampa do computador com toda a força, agarrou-me o queixo usando a força e deu-me um puxão no cabelo, com violência”, relatou ao CM Maria de Fátima Dias, acrescentando que já apresentou queixa na GNR.

Por seu turno, a presidente Idalina Trindade nega os factos de que é acusada pela vereadora da CDU. “Fantasiou um alegado ataque físico, gritando no hall do auditório da Biblioteca Municipal onde se realizam as reuniões quinzenais, que havia sido agredida pela presidente da Câmara, atitude inusitada, facto construído pela senhora vereadora para atacar o caráter e a honorabilidade da presidente”, descreve Idalina Trindade.

A autarca acrescenta ainda que também apresentou queixa contra a vereadora junto do Ministério Público de Nisa, “por injúrias, difamação e falsas declarações”.

Ao que o CM apurou, a estrutura local da CDU vai também reunir brevemente para analisar a situação.

Ler mais em: https://www.cmjornal.pt/ / Foto: ptjornal