Bilhetes mínimos da CP para o litoral

Alfa mw-860 (1)

Viagens têm de ser realizadas entre 14 de janeiro e 14 de março em segunda classe nos comboios Intercidades e Alfa Pendular

Ir de Lisboa ao Porto ou de Porto a Lisboa a partir de 5 euros ou de Lisboa a Faro ou de Faro a Lisboa por 4,5 euros no comboio Intercidades. Esta é a mais recente campanha da CP – Comboios de Portugal para promover a ligação por caminho-de-ferro entre as duas cidades e concorrer com os voos da Ryanair e as viagens de autocarro.

Estes bilhetes especiais serão postos à venda a partir de sexta-feira, 5 de janeiro, e estarão disponíveis até 15 de janeiro no portal da CP, na aplicação, na linha de atendimento e nas bilheteiras.

Esta promoção é válida para os bilhetes em segunda classe comprados “com 10 dias de antecedência, até ao limite de 60 dias, relativamente à data de realização da viagem, que poderá ser efetuada entre 14 de janeiro e 14 de março“, esclarece a CP na página oficial. O desconto “é limitado ao número de lugares disponibilizados com promoção, em cada comboio”. A CP lembra também que estes bilhetes “são revalidáveis mas não são reembolsáveis”.

A promoção também abrange os bilhetes de segunda classe no Alfa Pendular. Entre Lisboa e Porto, haverá viagens a partir dos 6,5 euros, informa fonte oficial da CP ao Dinheiro Vivo.

Entre Intercidades e Alfa Pendular, a CP irá disponibilizar um total de 7740 lugares com esta tarifa entre 14 de janeiro e 14 de março. Quando esgotarem, ficarão disponíveis bilhetes com descontos de 65%.

Com esta promoção, os clientes têm um desconto de cerca de 80% face ao preço normal. Por exemplo, se quiser um bilhete de segunda classe no comboio Intercidades entre Lisboa-Oriente e Porto-Campanhã, tem de pagar 24,70 euros.

A CP lembra que “desde 2013 têm sido lançadas várias campanhas para promover a utilização de comboios de longo curso”. Neste segmento, registou-se um “crescimento de 37%” entre 2013 e 2017, complementa fonte oficial.

At https://www.dinheirovivo.pt

Ponte de Sor reduz mais de mil desempregados

Ponte Sor C-gKfo6XUAE73qd

Em menos de cinco anos o número de pessoas desempregadas em Ponte de Sor caiu mais de um milhar. De acordo com o presidente daquele município alentejano, Hugo Hilário, Ponte de Sor baixou de 1500 desempregados no final de dezembro de 2012 para cerca de 400 em julho de 2017.

Hugo Hilário mostrou-se “orgulhoso” com a redução do número de desempregados, e refere que o próximo desafio é o de “qualificar pessoas”, uma vez que já se estão a debater com “falta de mão-de-obra qualificada”.

O autarca revelou ainda que Ponte de Sor pode ganhar mais 80 postos de trabalho com a instalação de uma empresa francesa naquele concelho alentejano.

Com um orçamento camarário de cerca de 20,4 milhões de euros para 2018, Hugo Hilário aponta como obras prioritárias para o ano em curso a conclusão do Centro Cultural de Montargil, a 2ª fase do Ninho de Empresas de Ponte de Sor, a ampliação do centro de negócios para a indústria aeronáutica/aeroespacial do aeródromo municipal, bem como a reabilitação do mercado municipal.

At http://www.radioportalegre.pt/