Opinião: “Passos Coelho”

FB_IMG_1507134597271Passos,

Eu sei que te chamei muitos nomes durante todos estes anos. Canalha, mentiroso, vende países, vende pessoas, reaccionário, ignorante, vendido, traidor, aprendiz de facho…
Acho que nos piores momentos, naqueles em que via gente à minha volta a ser expulsa das casas que o desemprego impedia de pagar, ou os pais que enchiam os aeroportos a ver os filhos que expulsaste do país deles, a irem embora, te chamei assassino e tudo.

Eu reitero tudo isto. Não me arrependo nada do que te chamei. Penso que só se perderam as vezes em que, quase morta de cansaço, de tristeza ou de desencanto, os nomes que te queria chamar não tinham força para sair.

Mas agora se quiseres fica aí mais um bocado. Histérico como tens sido, sem ponta de vergonha na cara, rancoroso, podes ficar mais um bocado. Agora já não fazes mal a nenhum dos nossos, dos que trabalham, dos que lutam, dos que sonham, dos que sempre resistiram, dos nossos idosos a quem tiraste o pão, dos nossos amigos a quem tiraste o trabalho, se quiseres agora fica aí.

Verme.

A gente vai ter que se preparar para o que vier a seguir a ti para continuar o teu trabalho. Por isso se quiseres podes ficar aí mais um bocado.
Põe-te é a pau com os teus…deixaste de lhes ser útil. Se for preciso esfolam-te vivo.

Ana Dias Crespo

At Facebook

Anúncios