IV Forum do Interior, este fim-de-semana, na ESECS

forum-interior-16cartaz

forum-do-interior_programa-provisrio-page-001

O IV Fórum do Interior, sob o lema, “Valorização do Interior: a Cooperação para a Sustentabilidade Integrada”, decorrerá na Escola Superior de Educação e Ciências Sociais, em Portalegre, nos dias 25 e 26 de novembro, sendo uma iniciativa promovida pela Animar, com o apoio local da Escola Superior de Educação e Ciências Sociais – Instituto Politécnico de Portalegre, da CIMAA – Comunidade Intermunicipal do Alto Alentejo, da Associação A RAIA/LA RAYA e da Unidade de Missão e Valorização do Interior.

Despovoamento, envelhecimento da população, desemprego crescente, falta de oportunidades de trabalho, dificuldade de fixar a juventude, isolamento, altas taxas de pobreza, difícil acesso aos serviços básicos, estes são alguns dos traços comuns aos territórios de baixa densidade e que traduzem a sua degradação económica e social. Porém, todos os estudos e diagnósticos apontam também um conjunto diversificado de recursos para o desenvolvimento que estes mesmos territórios encerram. Neste sentido, o IV Fórum do Interior vai-se debruçar, mais uma vez e como é sua missão, sobre esta realidade e as formas de a contrariar.

Trata-se de uma iniciativa que junta pessoas ligadas a autarquias, academia, investigação, agentes e técnicos/as de desenvolvimento local, líderes associativos e atores locais que deram um importante contributo para a reflexão sobre os territórios da interioridade, promovendo o debate e interação de ideias que podem servir de base para a definição e reivindicação de novas medidas públicas e políticas que visem o combate ao despovoamento, ao abandono, à desagregação social e à depressão económica que caracterizam a maioria destes territórios do interior.

At https://www.evensi.pt/

Ekosiuvenis passa a ter Sócio Honorário

joao-diogocarlosA Assembleia geral eleitoral da Associação Ekosiuvenis no passado sábado aprovou uma moção no sentido de eleger o ex-presidente João Diogo Carlos como sócio honorário.

A moção tinha como primeiro subscritor Filipe Luz e foi votada por uma esmagadora maioria de 24 dos 25 sócios presentes; apenas não recolheu a unanimidade devido à abstenção natural e óbvia do visado.

Uma coincidência de pontos de vista que não se tinha verificado na votação para os novos corpos sociais em que se registaram 13 votos favoráveis e 12 votos em branco.

Imediatamente após o final da assembleia geral, João Diogo Carlos agradeceu através das redes sociais a todos os seus colaboradores e aos associados todo o apoio e a colaboração ativa que proporcionou o cumprimento dos exigentes planos de trabalho dos últimos anos, num ritmo de atividade sem precedentes na história recente do associativismo local. Uma liderança que recolheu também de imediato rasgados elogios por parte de associados e membros da sociedade civil castelovidense.

At http://noticiasdecastelodevide.blogspot.pt/