Artigo de opinião: “Um Presidente poupadinho e beijoqueiro”

Ivo Rafael Silva h5U9X7Nv«Marcelo abdica de carro de 150 mil euros. Marcelo paga viagem do seu bolso. Marcelo jejua para poupar. Marcelo foi a França a pé. Marcelo vai ao Brasil a nado. Marcelo compra iogurtes no Lidl em final de prazo de validade. Marcelo desliga televisão na tomada para não gastar em stand-by. Marcelo promulga leis no papel que embrulhou o bacalhau. Marcelo só descarrega o autoclismo uma vez. Por semana. Marcelo desliga o carro nas descidas. Marcelo usa chinelos dos chineses. Marcelo não lava as cuecas todas as semanas. Marcelo vira-as do avesso.»

Ele adora, a comunicação social rejubila. Gestos sempre simbólicos e repletos de sincera humildade para dar o exemplo, beijinhos e simpatias para a fotografia da proximidade. “Vejam como Marcelo é um dos nossos”, “um de nós”, “simples, acessível e sério”, grita diariamente a imprensa, com títulos garrafais arranjados a preceito, assumindo por completo a posição “de baixo” face àquele “deus” que está “lá em cima”. Mas ele “desce” até “nós”, os plebeus. Tal como qualquer “um de nós”, Marcelo paga uma viagem de Falcon do seu próprio bolso. Tal como qualquer “um de nós”, Marcelo rejeita andar num carro de 150 mil euros, porque pode perfeitamente andar numa latinha de 15 ou 20 mil, carro este com que, aliás, qualquer “um de nós” tem de se contentar. Não importa que tenha o que tem para pagar “do seu bolso”; importa que pague “do seu bolso”, o que é sempre em última instância um exemplar gesto de “sacrifício” e “sacrifício pela pátria”. Mas como qualquer cidadão do seu país, normal, como gente comum, Marcelo puxa do molhe de notas e zás!!, fica o voo de Falcon pago e não se fala mais nisso.

Este presidente é “um dos nossos”. Este presidente “é cá da terra”. Este presidente é “humilde” e as coisas acontecem sempre com imensa naturalidade. Tudo espontâneo e impreparado. Este líder político é muito poupado e exemplar. Não que seja novidade, porque já Salazar dava o exemplo “sendo pobre e morrendo pobre”. Mas que presidente e que país maravilhoso este. Que sorte temos. E domingo vamos ganhar. Com o “dos nossos” na flash interview, quem sabe?! O presidente é bem capaz de marcar um golo. Mas descalço, para não gastar as “botas”.

Ivo Rafael Silva

At http://manifesto74.blogspot.pt/

Easyjet faz parceria com escola em Ponte de Sor

G Air MG_8481

A easyJet vai reforçar quadros em Portugal, formando-os na escola de pilotos G Air.

A easyJet estabeleceu uma parceria com a escola de formação de pilotos G Air para facilitar a entrada de novos pilotos nos seus quadros. Os contratos de trabalho, assegura a empresa, serão feitos com base na lei portuguesa.

José Lopes, diretor comercial da easyJet, lembra que a parceria servirá para reforço “do mercado de trabalho” e como forma de “atrair o talento português para a nossa companhia aérea, fornecendo contratos de trabalho de acordo com as leis nacionais. Esta parceria com a G Air vem ao encontro desta nossa estratégia”, esclarece.

Para além da aposta na formação de novos quadros, a easyJet vai lançar duas novas rotas este ano em Portugal, que começa a vender a partir desta quinta-feira: Lisboa-Zurique e Funchal-Basileia.

At https://www.dinheirovivo.pt/

Oleiros Rock Tour ’16 realiza-se já amanhã

Oleiros paodeforma-700x325

O Rock volta pela segunda vez à Vila de Oleiros, amanhã, dia 9 de julho.

O Oleiros Rock Tour ’16, como o nome indica, caracteriza-se por uma digressão, numa só noite, por quatro pontos emblemáticos da vila, nos quais se vão poder encontrar quatro bandas distintas.

A partir das 20h30, cada paragem vai dar ao público uma década e um estilo diferentes começando no Jardim Municipal com o Spot Rockabilly (anos 50) representado pelos The Dixie Boys; seguindo viagem para o Adro da Igreja Matriz onde vamos encontrar os Moonshiners no Spot Sixties (anos 60); descendo para a Praça da República onde se ouvirá música dos anos 70/80 no Spot Soul Rock pelos D’Art Fusion Band e por fim voltando ao Jardim para o Spot Hoje, onde os Quarteto de Bolso trazem rock atual.

A festa continua noite dentro com o Dj Pedro Mónica numa continuação deste rock de gerações.

A novidade este ano é o bar itinerante instalado numa carrinha “pão de forma” ao estilo dos anos 50 que está a cargo de várias associações da vila: Associação Desportiva de Caça e Pesca de Oleiros, Associação Recreativa e Cultural de Oleiros (ARCO), Casa do Benfica em Oleiros, Pinhal Total, Rancho Folclórico e Etnográfico de Oleiros e Sociedade Filarmónica Oleirense. Além deste bar icónico, haverá também um bar fixo para venda de petiscos.

O evento que no ano passado surpreendeu pela forte adesão do público, promete já amanhã voltar a fazer de Oleiros a Vila do Rock.

At http://beiranews.pt/