Emigrantes portugueses também vêm à boleia

Boleia Hitchhiking-660x330

As viagens partilhadas desde Paris e Madrid para diversos pontos do País são cada vez mais procuradas. Na plataforma online BlaBlaCar, os utilizadores começam como passageiros e rapidamente passam a condutores.

Foi no Natal que Frédéric Mazzella, um dos três fundadores da BlaBlaCar, teve a ideia de formar esta rede de boleias de carro partilhadas. Em 2008, ainda estudante, não conseguiu comprar bilhete de comboio ou de autocarro para ir ao encontro dos familiares. Precisava de boleia para os 450 quilómetros que separam Paris de Fontenay-le-Comte. A única solução encontrada foi a sua irmã desviar-se de Rouen, na Normandia, e ir buscá-lo à capital.

Durante a viagem, Frédéric reparou na quantidade de lugares vazios nos carros com que se cruzavam e pensou que, se cada um alugasse esses lugares, resolveriam o problema de muitas pessoas. Juntaram-se à iniciativa Francis Nappez e Nicolas Brusson, e, no ano seguinte, nascia a plataforma de partilha de viagens.

Atualmente, com 20 milhões de utilizadores e presente em 20 países, a BlaBlaCar está avaliada em mais de mil milhões de dólares, depois de recentemente ter recebido um financiamento de capital de risco no valor de 200 milhões de dólares.

Por cá, só neste mês de dezembro houve um aumento de 40% de viagens de Espanha para Lisboa e três vezes mais de França para Lisboa, face ao mesmo período do ano passado. Entre 18 e 27 de dezembro, foram publicados 25 mil lugares em Portugal.

Na BlaBlaCar (blablacar.pt), as pessoas inscrevem-se como condutores, passageiros ou ambos. A busca faz-se pelas localidades da partida e da chegada. Para percursos superiores a 75 quilómetros, a reserva é feita através do site, com pagamento por cartão de crédito, MBNet ou PayPal. Nas viagens mais pequenas, o contacto é direto entre o condutor e o passageiro. O preço é definido pelo dono do carro, dentro de um intervalo estabelecido pela BlaBlaCar que fica com uma comissão de cerca de 11 por cento.

A viagem mais comum feita pelos portugueses é entre Lisboa e o Porto, com um custo médio de 15 euros por pessoa. Já Paris-Lisboa oscila entre 75 e 110 euros e Madrid-Lisboa fica-se nos 25 euros.

At http://visao.sapo.pt/actualidade/sociedade/2015-12-23-Emigrantes-portugueses-vem-a-boleia-passar-o-Natal-e-a-passagem-de-ano

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s