Alentejo encontra-se sem Delegado de Educação

Educ 14532931_jrKz2

Depois de dez meses em funções, os delegados de educação das regiões Centro, Alentejo e Algarve vão ter de cessar funções. Nos últimos dias foi anulado o concurso público para seleção de delegados regionais por se provar que houve vícios na escolha dos três candidatos.

Em setembro, o SOL tinha já noticiado que o Provedor de Justiça considerou existirem irregularidades neste procedimento, que desde o início esteve envolto em várias polémicas. Já em fevereiro, o Jornal i tinha revelado que o candidato melhor classificado para a região do Algarve residia na mesma casa que o presidente do júri – José Alberto Moreira Duarte, também diretor-geral dos Estabelecimentos Escolares. A notícia levou a que o candidato desistisse imediatamente.

Esta decisão surgiu na sequência de recursos hierárquicos interpostos ao ministro da Educação Nuno Crato, por três candidatos não selecionados: Maria do Céu Anjos Simão Hall Castelo-Branco, Maria Reina Martin Ferreira Pimpão e Alberto Augusto Rodrigues de Almeida.

Nas restantes regiões não foram apresentados recursos pelos candidatos excluidos, pelo que se manterão em funções os delegados regionais escolhidos.

At http://www.sol.pt/noticia/482449/concurso-p%C3%BAblico-para-delegados-de-educa%C3%A7%C3%A3o-foi-anulado#close