Manifestação a favor do Rio Tejo este Sábado

Protejo Cartaz_Manif_26set2015

O rio Tejo e seus afluentes têm vindo a sofrer uma contínua e crescente vaga de poluição que mata os peixes e envenena o ambiente e as pessoas.

As águas que afluem de Espanha vêm já com um elevado grau de contaminação com origem:

  • nos fertilizantes utilizados na agricultura intensiva;
  • na eutrofização gerada pela sua estagnação nas barragens da Estremadura;
  • na descarga de águas residuais urbanas das vilas e cidades espanholas sem o adequado tratamento;
  • na contaminação radiológica com origem na Central Nuclear de Almaraz.

A gravidade desta poluição das águas do rio Tejo acentua-se devido aos caudais cada vez mais reduzidos que afluem de Espanha, diminuindo a capacidade de depuração natural do rio Tejo.

A poluição, em território nacional, provém da agricultura, indústria, suinicultura, águas residuais urbanas e outras descargas de efluentes não tratados, com total desrespeito pelas leis em vigor, e sem a competente ação de vigilância e controlo pelas autoridades responsáveis, valendo a ação de denúncia das organizações ecologistas e dos cidadãos, por diversas formas, nomeadamente, através das redes sociais e da comunicação social.

Esta MANIFESTAÇÃO CONTRA A POLUIÇÃO DO RIO TEJO E SEUS AFLUENTES tem como finalidade reivindicar junto do Governo e da Agência Portuguesa do Ambiente o seguinte:

  1. O cumprimento da Diretiva Quadro da Água, ou seja, a garantia de um bom estado ecológico das águas do Tejo;
  2. O estabelecimento e quantificação de um regime de caudais ecológicos, diários, semanais e mensais, refletidos nos Planos da Bacia Hidrológica do Tejo, em Espanha e em Portugal, e na Convenção de Albufeira;
  3. A ação rigorosa e consequente da fiscalização ambiental contra a poluição, crescente e contínua, que cada vez mais devasta o rio Tejo e os seus afluentes;
  4. A intervenção junto do governo espanhol com vista ao encerramento da Central Nuclear de Almaraz, eliminando a contaminação radiológica do rio Tejo e o risco de acidente nuclear;
  5. A realização de ações para restaurar o sistema fluvial natural e o seu ambiente, nomeadamente, a reposição da conectividade fluvial.

At http://movimentoprotejo.blogspot.pt/

Hortas solidárias vingam em Oliveira do Hospital

Hortas Oliv. Hospital e86cd5415cc836cd2a96424a2800dab7_XLNas imediações da cidade nasceram as Hortas Solidárias, ao abrigo do projeto “Ideias LeguminOHsas” que tem como parceiros fundadores a Obra D. Josefina da Fonseca e o Município de Oliveira do Hospital, onde os beneficiários têm colhido frutos do seu trabalho agrícola.

As Hortas Solidárias de Oliveira do Hospital visam reforçar o apoio social às famílias mais desfavorecidas do concelho; complementar fontes de subsistência alimentar das famílias; desenvolver hábitos alimentares saudáveis; preservar práticas agrícolas com cariz biológico e tradicional.

São ainda objetivos o incentivo à requalificação ambiental de terrenos desocupados e a sensibilização ambiental e social da comunidade, potenciando as parcerias locais através da união de esforços e recursos tendentes ao apoio alimentar aos cidadãos mais desfavorecidos. Uma oportunidade que foi rapidamente agarrada pelos oliveirenses fazendo deste projeto um sucesso.

Nas dez parcelas de terreno, cedidas gratuitamente e devidamente equipadas com infraestruturas de apoio, há agora feijão, couves, alfaces e tomate e cebolas, entre outros produtos de cultivo biológico. É dali que os beneficiários têm retirado uma importante ajuda para a despensa de casa e para a economia familiar, como destacam.

A criação das Hortas Solidárias, que faz parte das ações previstas no Plano de Desenvolvimento Social, foi mais um projeto que o Município de Oliveira do Hospital abraçou, no âmbito das iniciativas locais inovadoras para a resolução de problemas sociais.

At http://www.centrotv.pt/

Debate com candidatos do distrito, hoje, na rádio

Legislativas cover

A Rádio Portalegre promove a partir das 18 horas, um debate entre os candidatos da coligação PSD/CDS-PP, do PS, da CDU e do BE pelo circulo eleitoral de Portalegre às legislativas de 04 de Outubro.

O debate será moderado pelo jornalista Gabriel Nunes e decorrerá nas instalações da Rádio Portalegre e tem a duração prevista de duas horas.

At http://www.radioportalegre.pt/ / http://link.radios.pt/portalegre

Municípios do Médio Tejo investem no Rio Zêzere

wake-boarding-the-saga-continues-wakeboard-249748

Cinco municípios do Médio Tejo (Vila de Rei, Ferreira do Zêzere, Abrantes, Sertã e Tomar) vão investir 600 mil euros na construção de uma estância de ‘wakeboard’ naquela região do centro do país para potenciar turisticamente a albufeira de Castelo do Bode.

A modalidade de ‘wakeboard’ caracteriza-se pelo facto de as pranchas serem puxadas à superfície da água através de um sistema de cabos ou por um barco a motor, como meio de tração, sendo um desporto aquático praticado com uma prancha e manobrada de modo a contornar obstáculos flutuantes.

É uma modalidade aquática que já supera o número de praticantes de surf nos Estados Unidos e que está em franca expansão em Portugal e em toda a Europa, sendo uma mais-valia pelo enorme potencial que representa em termos turísticos e económicos para a albufeira de Castelo do Bode e região envolvente. A albufeira tem um espelho de água com mais de 70 quilómetros e funciona para esta região como um oceano funciona para as zonas do litoral.

O investimento insere-se numa estratégia de desenvolvimento de um turismo não meramente contemplativo mas que também proporcione vivências e experiências ao nível dos rios e da natureza.

O investimento global de 600 mil euros inclui a comparticipação financeira para a realização em Portugal do campeonato do mundo de ‘wakeboard’ (disputado por mais de 150 atletas de várias nacionalidades, até este sábado, na praia fluvial do Lago Azul), uma prova que confere grande visibilidade a esta região, não só pela dimensão da prova mas também porque é a primeira vez que se realiza fora dos Estados Unidos.

At http://www.lusa.pt/

Clube motard espanhol “invade” Castelo de Vide e Marvão até Domingo

ConcentraçãoCV-Marvão

O Clube Pan-Europeu de Espanha (CPEE) organiza no próximo fim-de-semana (18 a 20 de Setembro) a sua 73ª Concentração com um passeio de motos a Castelo de Vide e Marvão.

A chegada dos motociclistas participantes será a partir das 17 horas do dia 18 junto do Secretariado local da iniciativa que funcionará no Posto de Turismo de Castelo de Vide; o check-in no Hotel Sol e Serra será feito depois das 18 horas e a partir das 21:30 horas terá lugar a “Rota das Tapas”, um percurso (não revelado) por “bares devidamente identificados” que funcionará como jantar.

No sábado o programa começa com uma visita à senhora da Penha, à Ammaia, ao Museu de Marvão, almoço no restaurante local Varanda do Alentejo, visita ao Castelo e partida em direção a Póvoa e Meadas, onde será visitado o Menir Megalítico, a barragem (ocasião para uma foto de grupo), a aldeia e o Museu. O regresso a Castelo de Vide será feito a partir das 19 horas com estacionamento das motos na Praça e jantar no restaurante D. Pedro V.

No Domingo, o programa refere que os participantes serão recebidos pelo presidente da Câmara Municipal no Salão Nobre e efectuam um passeio pela “parte nova” da Vila e pelo castelo, Judiaria e centro histórico. O almoço do dia está aprazado para o restaurante Zé Calha na Portagem onde decorre a despedida e se inicia o regresso a casa dos participantes.

At http://noticiasdecastelodevide.blogspot.pt/

Transporte de Alunos de Alpalhão e Tolosa

buswifiInformam-se os Encarregados de Educação dos alunos do 1º Ciclo do Ensino Básico de Alpalhão e Tolosa, que o transporte diário para o Centro Escolar de Nisa, ocorrerá num circuito especial com o seguinte horário:

  • partida de Tolosa (paragem da Rodoviária) às 8H15;
  • partida de Alpalhão (paragem da Rodoviária) às 8H30;
  • regresso ocorrerá às 16H30

O transporte dos alunos terá acompanhamento de auxiliares de ação educativa. Os alunos que pretendam regressar à 17H30 (juntamente com os alunos dos outros níveis de ensino), deverão solicitar passe e carregar mensalmente a respetiva vinheta. Estes alunos terão igualmente acompanhamento de auxiliares de ação educativa. Os locais de embarque e desembarque em Tolosa e Alpalhão ocorrerão nas paragens da Rodoviária (por motivo de manobra dos autocarros).

Nisa, 16 de setembro de 2015

At http://www.cm-nisa.pt/